Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Senhora Dança? A Mandy pelas danças da vida.

Um blog para todas as mulheres depois dos “entas” . Mulheres que, na plenitude das suas vidas, desejam celebrar a liberdade de assumirem a sua idade, as suas rugas, os seus cabelos brancos e que querem ser felizes

A Senhora Dança? A Mandy pelas danças da vida.

Não mudei, apenas amadureci

Cindy Josephs 2

 

Já tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis. Já fiz coisas por impulso. Já me decepcionei com algumas pessoas, mas também já decepcionei alguém.

Já abracei para proteger e ri quando não podia. Já fiz amigos eternos. Já amei e fui amada; mas também já fui rejeitada. Já fui amada e não soube amar.

Já gritei e pulei de alegria. Já vivi de amor e juras eternas, mas também já quebrei muitos juramentos.

Já chorei a ouvir música e a ver fotografias. Já telefonei só para ouvir aquela voz. Já me apaixonei por um sorriso e  já pensei que fosse morrer de saudade…

Já tive muito medo de perder alguém especial (e acabei por perder), mas sobrevivi!

Não deixe a vida passar…

Viva!

“Lute com determinação, abrace a vida e viva com paixão. Perca com classe e vença com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a vida é muito importante para ser insignificante”.

Charles Chaplin

 

Porque, afinal eu não mudei, afinal eu aprendi, afinal eu amadureci. Aprender não é mudar. Amadurecer não é fácil. Cresci com os meus demónios e enfrentei as minhas sombras.

Na verdade, a vida não vem com manual de instruções. Existem manuais para quase tudo, mas não existe manual para amadurecer. Aprendemos a caminhar pela vida no meio de muitas mensagens de como devemos ou não agir, de como devemos ser, ou daquilo que temos de alcançar.

A maturidade emocional não é como a maturidade física, ela não depende da idade cronológica, mas do caminho percorrido.

Infelizmente, apenas uma pequena parte de nós chega a um momento da vida em que pode dizer: “tenho sido um bom caminhante e fiz o meu caminho ao andar”.

Amadurecer significa entender que o amor mais poderoso é o amor próprio.

Por isso, é tão importante compreender que, só amadurecemos, quando aprendemos.

unnamed

Mandy Martins-Pereira escreve de acordo com a antiga ortografia

 

Imagem : Web

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.