Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

A Senhora Dança? A Mandy pelas danças da vida.

Um blog para todas as mulheres depois dos “entas” . Mulheres que, na plenitude das suas vidas, desejam celebrar a liberdade de assumirem a sua idade, as suas rugas, os seus cabelos brancos e que querem ser felizes

A Senhora Dança? A Mandy pelas danças da vida.

Com tantas adeptas, a moda dos cabelos brancos chegou para ficar

21077486_1339951612791431_499395192249537522_n

Assumir os cabelos brancos, além de dedicação, exige um bom relacionamento consigo mesma e coragem para a aceitação. Cada dia, a moda dos grisalhos ganha mais adeptas — muitas vezes, é um desafio para as mulheres, que, aos poucos, se livram das tintas e do culto à eterna juventude. A tarefa não é fácil, mas dar esse passo pode mudar não só uma imagem vista no espelho, mas, sobretudo, a forma como a vida é vivida, com mais leveza.

Estilos 3

Levantamento da FSB Pesquisa, encomendado pela Avon, constatou que 14,4% das mulheres acima dos 45 anos já adoptam o estilo platinado nos cabelos. E mais: 61,1% gostam da ideia de assumir os brancos. Para essa parcela de entrevistadas, mais que uma simples rebeldia aos padrões de beleza, esse é um sinal de atitude.

Por todos os lugares, é possível observar que o estilo é bem-vindo. Na internet, “bloggers” americanas reuniram-se para ajudar as mulheres que, assim como elas, desejam passar pela revolução grisalha — nome dado ao site em inglês, Revolution Gray. Lá, é possível encontrar imagens e a história de transição de cada uma das quatro participantes que adoptaram os cabelos brancos antes dos 50. A página traz ainda dicas, compartilha experiências tocantes e dá informações para as pessoas que estão a passar pelo mesmo processo.

No cinema, várias actrizes destacam a beleza do cabelo grisalho. Recentemente, Sophie Fontanel, escritora e jornalista francesa especializada em moda, usou o tema como inspiração para lançar a sua mais recente obra. No livro “Une apparition” , sem tradução ainda para o português, relata a experiência de dizer adeus às tintas e aceitar os cabelos naturalmente brancos — processo também compartilhado, em todas as etapas, com as mais de 100 mil seguidoras nas redes sociais.

A tendência de assumir os cabelos brancos chegou à Europa, originária dos Estados Unidos, e popularizou-se há alguns anos. Mulheres de 30, 40, 50 anos ou mais idade passaram a expressar, por meio dos cabelos, que estavam fartas de submeter-se a pinturas regulares e a sofrer com os produtos químicos. Cabeleireiros e profissionais da área aproveitam a fase para propor soluções inovadoras durante o período de transição e para atenuar o efeito bicolor. Enquanto isso, aumenta a procura por produtos que evitam o tom amarelado nos cabelos grisalhos.

Assumir esta mudança significa aumentar a auto-estima. As mulheres começam a entender que é possível viver com os cabelos brancos e, mesmo assim, continuarem jovens, saudáveis, interessantes e, acima de tudo, belas.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.